Volta a ser sugerido que o novo Huawei Mate 30 possa ser lançado com o Hongmeng OS.

A nova geração do Huawei Mate 30 deverá ser apresentada oficialmente no final de 2019. Mais concretamente, entre os meses de outubro a novembro e apresentará pelo menos dois novos smartphones. Contudo, não sabemos se ambos utilizarão o sistema operacional Android como base, ou se um deles optará pelo Hongmeng OS.

Entretanto, as tensões entre a China e os EUA estão longe de ter acalmado e isto traz-nos novas dúvidas. Há uma forte possibilidade de, pelo menos uma variante, chegar com o sistema operacional Hongmeng OS. Esta que é a plataforma própria da Huawei, deverá ser apresentada oficialmente a 9 de agosto. Entretanto, temos também novas imagens digitais com base nas capas de proteção apontadas para os smartphones.

Android ou Hongmeng OS?
Cumpre, desde já, apontar que estas imagens foram divulgadas no repositório do  Slashleaks. No entanto, não deve ser considerada como definitivas, mas sim uma possibilidade, ou aproximação. Isto é, há uma grande probabilidade de o design final apresentar diferenças significativas face ao material aqui apresentado.

Ainda a propósito do Hongmeng OS, a Huawei já deu a entender que o seu propósito não será substituir o sistema operacional Android. Isto é, pelo menos a não ser que a marca seja obrigada a tal, ou fique sem outra hipótese caso as relações comerciais com os EUA venham a deteriorar-se. Aí sim o Hongmeng OS seria o “plano A”.

Neste momento, contamos com novas televisões inteligentes, sobretudo da Honor, a utilizarem o Hongmeng OS. Mesmo assim, é bastante provável que uma das variantes dos Huawei Mate 30 o utilize em vez do Android, sendo uma versão para o mercado natal, a China. Algo que já tem sido apontado vezes sem conta no passado.

O que esperar dos Huawei Mate 30?
Independentemente do sistema operacional, os Huawei Mate 30 serão dispositivos high-end. Entre estes, o Huawei Mate 30 Pro é o topo de linha. Além disso, caso a história se repita, a grande aposta da fabricante chinesa será novamente a fotografia. Uma aposta que trará novo sensores fotográficos à equação.

Agora, ficamos sabendo que na sua traseira teremos pelo menos dois sensores de 40 MP. No entanto, o grande destaque vai para o tamanho dos sensores e não a resolução (número de píxeis). É um aspeto amplamente descartado, sobretudo na indústria mobile, mas da mais extrema importância para a qualidade fotográfica.

Portanto, teremos um sensor de 1/1,7 polegadas, bem como um segundo de 40 MP e 1/1,55”. Dois grandes sensores que, acreditamos, produzir resultados com menor ruído digital, fruto também do maior tamanho de cada célula. Ao nível das lentes, o primeiro terá uma convencional e o segundo uma grande-angular.

Dois grandes sensores de 40 MP para os Huawei Mate 30 Pro
Acima, na imagem, podemos também ver uma comparação do tamanho dos sensores apontados para os Huawei Mate 30 Pro e do Samsung Galaxy Note10. Na prática, o da Samsung não só é aqui representado como muito menor, mas também a sua resolução é reduzida (não que isso seja propriamente mau).

Ainda de acordo com as fugas de informação anteriores, podemos ter dois novos nomes para cada uma destas câmaras. Uma “Cine Lens”, bem como uma “Matrix Camera”, isto com base em patentes anteriormente submetidas pela própria Huawei. Já em seguida, vemos também as novas imagens digitais do produto.

O Huawei Mate 30 Pro poderá caraterizar-se pela configuração de câmaras, circular. Estas, além das duas descritas anteriormente, contarão com uma terceira câmara de 8 MP, dotada do zoom ótico de 5x e zoom híbrido de 10x que ficamos conhecendo nos smartphones apresentados no início de 2019.

Apontamos ainda a presença de uma quarta câmara, o sensor ToF, visível na lateral, com o seu rasgo próprio na capa. Ao que tudo indica, estas câmaras manterão as funções que já ficamos conhecendo nos P30 Pro, com o grande destaque a serem efetivamente os novos e maiores sensores principais.

Com as já habituais cores Huawei, temos aqui um pronunciado gradiente entre o rosa-claro e o azul-claro. Já as suas margens aparentam ser retas, pelo menos a superior e inferior, sem qualquer indício da porta áudio P2, com apenas uma porta USB do Tipo C. Já no topo, temos um emissor de infravermelhos.

Por fim, contamos com a apresentação dos Huawei Mate 30 Pro em outubro de 2019, ainda que a data não tenha sido confirmada.

Fonte: pplware